SIMONE RICCO

Mestre em Letras, na área de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa pela Universidade Federal Fluminense, Simone Ricco é  professora da rede municipal do Rio de Janeiro e  professora colaboradora na Pós-graduação em História e Culturas Africanas e Afro-Brasileira IPN/FEUDUC e na Pós-graduação em Literatura Infanto-Juvenil, na UFF. Atua na difusão de saberes de matriz africana e em práticas afirmativas e antirracistas  desenvolvidas pelo  CineGaragem e  Coletiva Corpas.  Seu trabalho autoral  reúne os poemas Manifesta Corpas –  criado para abertura do Encontro de Performances de Mulheres Negras (2018, disponível no acervo Cultne) e Loucura Sã, inserido no filme Elekô (vencedor do Festival 72h/2016). Outra vertente de sua criação consiste em paratextos, como a orelha do livro “Histórias de leves enganos e parecenças”, de Conceição Evaristo, e o prefácio da coletânea “Contos Escolhidos”, do escritor Cuti. É uma das organizadoras da antologia “Vértice: escritas negras”, que lançará 22 jovens autores oriundos da Oficina de Literatura Negra e Criação Literária.