ANTÓNIO QUINO

Escritor e romancista angolano ligado à União dos Escritores Angolanos (UEA), António Quino é autor de a “República do Vírus” que, segundo a crítica tem um “estilo satírico, irônico, não raras vezes a raiar mordacidade”.

Nascido em Luanda em 1971, licenciado em Ciências da Educação e com mestrado em Ensino de Literaturas em Língua Portuguesa, António Quino foi co-fundador da Brigada Jovem de Literatura do Namibe. Colaborador regular do Jornal de AngolaO País e O Chá, é docente universitário e membro do Colégio de Estudos Literários do Instituto Superior de Ciências da Educação de Luanda. Atualmente exerce as funções de diretor provincial da Educação Ciência e Tecnologia do Bengo. Publicou “Conversas de Homens” em 2010, e o estudo “Duas faces da esperança: Agostinho Neto e Antônio Nobre”, editado em 2014.